Please reload

Últimos posts

Drive-trhu: sistema que faz falta nos supermercados nos dias de hoje.

 

Poucas ainda são as opções de drive-trhu em super/hipermercados por aqui. Além de poucas, algumas até possuem o serviço, porém mais para propaganda, ou, como se diz popularmente, “pra inglês ver”: antes da crise, nunca consegui utilizar esta opção de uma grande rede aqui de São Paulo, pois só se encontrava data de retirada liberada uma semana para frente, seguindo a lógica o cliente que se adapte às necessidades e oferta da empresa. Isso, antes da crise.


Agora a falta se faz ainda maior, e, para os dois lados: na Europa, por conta do coronavirus, os super/hipermercados que tinham normalmente em média 300 pedidos de drive-trhu por dia, viram saltar esta opção de compra para 1000 a 1200 por dia. Correria para adaptar suas equipes para atender a demanda (neste caso, seguindo a lógica correta da empresa que se adapta as necessidades e demandas dos clientes).


Mesmo agora com “fartura” de vendas neste período (inicial), estas são vendas em parte perdidas, em parte pelas orientações para as pessoas de “ficar em casa”, de não se expor, pelo serviço ainda mal operacionalizado pelos e-commerces do setor, pela não entrega nas datas/horários previstos, pela entrega de compras com falta de itens comprados (e falta de solução rápida),  pela não expertise de entrega de compras fracionadas, de vários e diversificados pequenos itens, ou, também a não expertise de entrega de perecíveis, como hortifruti, de qualidade e com embalagens de transporte apropriadas. Essa má operação nestes tipos de compras desanima o consumidor a consumir a variedade que antes consumia, lembrando que vendas são perdidas também por conta da diminuição das vendas por impulso.


Não se poderia abrir mão destas vendas que poderiam estar ocorrendo a mais, com os drives-trhus funcionais. Quem já os tem hoje, que os opera com qualidade e pela lógica do consumidor, está colhendo resultados agora (financeiros e de imagem) e vai continuar colhendo após a crise. Uma iniciativa que não precisa ser grande para fazer, no sentido que não demanda grandes investimentos para implantar, e que pode ser uma grande solução para os consumidores e para as vendas.

Mais um ponto para colocar nas agendas de nossas empresas de varejo de distribuição.

ALAIN WINANDY - www.cienciadovarejo.com.br - Treinamento de gestão - agora com treinamentos online (NOVO)

 


 

Please reload

Treinamentos de Gestão no Varejo

com os melhores profissionais do mercado

(11) 3814.1362   -   São Paulo / SP

cienciadovarejo@cienciadovarejo.com.br

Copyright © 2015 CIÊNCIA DO VAREJO  |  Diretos reservados